domingo, 26 de dezembro de 2010

Idiossincrasia


Ultimamente, ando a tentar contrariar-me. 

Não dizer duas palavras, quando uma é suficiente. 

Fazer das tripas coração para não pedir desculpa, por algo de que eu não tenho culpa. 

Não ceder à tentação de agradar alguém e dar o braço a torcer, só pelo facto de sentir receio da rejeição.

Não responder a "insultos" baratos, só porque sinto necessidade de me justificar.



Tentar não ser ingénua e branda com algumas pessoas.


Não partilhar demais


Não publicar o post como estava escrito originalmente.

4 comentários:

Miguel Bordalo disse...

Adoro o não partilhar posts como escritos originalmente. Sou fã.

Maria disse...

Miguel, por acaso não sou muito fã. Sempre escrevi aquilo que me ia na alma, mas como digo, ando a tentar contrariar-me :).
Beijocas

Miguel Bordalo disse...

Do que eu sou fã é dizeres isso! É engraçado!

Maria disse...

Li na vertical :), é o cansaço Qualquer dia volto ao normal, sem editar textos.
Beijocas