sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Rapidinha matinal


Broken Social Scene - Stars and Sons




Porque ao ouvir esta música recordo-me do MAR!

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Famoso post sobre Férias!!

Uma das coisas mais incríveis antes de ir de férias era ouvir das Pessoas, após ter dito que ia passar uns dias a Inglaterra, "Diverte-te em Londres", ao qual respondia penosamente " Vou andar de um lado para o outro a ver a família, não vou a Londres, e mais, Inglaterra não se resume somente a essa cidade".

E com isto tudo lá se passou a minha semanita de férias e hoje encaro a árdua tarefa de voltar ao trabalho. Passaram num instante, como sempre, e acabaram de uma maneira um pouco triste, o Tio com quem estava teve uma ataque de coração no Sábado, pelos vistos encontra-se estável. Foi difícil abandonar o País nestas condições.

Deixo-vos umas fotos de uma vila por onde andei, Worthing:


Infelizmente não cheguei a tirar a maravilhosa foto do telemóvel das cidades de Brighton e Maidstone, outras por onde andei.


PS: Se ao entrar em alguma loja tiver a infelicidade de ouvir Coldplay ou Lily Allen bato em alguém. Não sei se foi muito azar da minha parte ou falta de imaginação musical por parte dos Lojistas, mas a realidade é que em todas as lojas que entrei só ouvi esses dois artistas!!!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

I'm Back...

...E os Bat for Lashes também, com o novo álbum Two Suns. Deixo-vos aqui o tema Moon and Moon. Quanto às minhas férias falarei noutra ocasião que não esta.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Do you have a Love Song?

Como estamos a chegar aquela altura do ano em que o Amor e as manifestações de carinho se multiplicam, decidi ser original e deixar de lado a minha veia critica e refilona para abraçar esta época maravihosa do dia de S. Valentim.

Antes que me esqueça este cantinho vai estar encerrado de 14 a 23 de Fevereiro, finalmente após ano e meio vou ter direito a umas merecidas férias. Decidi gastar um pouco das minhas míseras poupanças para ir a Inglaterra ver a minha avó, que recentemente teve um AVC. Como a idade não perdoa achei por bem visitá-la antes que seja tarde.

Acho que a minha disposição se deve ao facto de poder olhar de esguelha e insultar os casalinhos bifes sem que eles tenham a noção do que estou para ali a balbuciar,desde que coloque um sorrisinho na cara, ficam a pensar que estou a elogiar a técnica do "amasso".

Mas voltando à conversa do Love Season, e inspirada por este post, decidi escolher uma letra que, para mim, reflecte o amor em todo o seu esplendor. Aquela que mal ouvi pensei cá para mim " bem se alguém me dedicasse estas linhas, eu apaixonava-me"!
I don't believe in an interventionist God
But I know, darling, that you do
But if I did I would kneel down and ask Him
Not to intervene when it came to you
Not to touch a hair on your head
To leave you as you are
And if He felt He had to direct you
Then direct you into my arms
Into my arms, O Lord
Into my arms, O Lord
Into my arms, O Lord
Into my arms

And I don't believe in the existence of angels
But looking at you I wonder if that's true
But if I did I would summon them together
And ask them to watch over you
To each burn a candle for you
To make bright and clear your path
And to walk, like Christ, in grace and love
And guide you into my arms
Nick Cave - Into my arms









Oooh darling who needs love?
Who needs a heaven up above?

Who needs the clouds, in the sky, not I
Oooh darling who needs the rain?
Who needs somebody that can feel your pain?
Who needs the disappointment, of a telephone call, not I
No I don't need that at all, not I
I'm, tired of love
Yeah, sick of love
I've taken more than enough
Oooh darling who needs the night?
The sacred hours, the fading life
Who needs the morning, and the joy it brings, not I
I've got my mind on other things, not I
Oooh darling who needs joy?
Who needs a perfect girl or boy?
And who needs to draw, that person near, not I
Because they always disappear, not I
And you know, I'm, tired of love
Yeah
Yeah I'm, sick of love
Yeah
You give me more than enough I'm gone! Oooh darling who needs love?
Who needs a heaven up above?
Who needs all the arguments, who needs to be right, not I
But I just can't give up without a fight, not I
No I just can't give up without a fight, not I
No I just can't give up without a fight, not I
No no no not I
Ooh no no not I
No no no no no not I



Por mais argumentos que arranjemos, por mais que estrebuchemos, infelizmente a resposta a esta pergunta é TODOS*, e, mais importante, temos a necessidade ( se é masoquista ou não, cabe a cada um decidir), de o sentir!

* Poderia-se abrir uma excepção para os sádicos, mas vendo bem as coisas não será o sadismo uma forma de Amor?

"Heaven is a feeling I get in your arms" ( Trophy by Bat for Lashes),foi algo que nunca senti pessoalmente, mas gostaria de acreditar que ainda vou a tempo.




Como a "blogosfera" anda, ultimamente, cheia de desafios, deixo aqui mais um a quem lê estas palavras, tratem de colocar no vosso espaço, ou na caixinha de comentários, a música que, na vossa opinião, expressa da melhor maneira a Essência do Amor.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Não há Amor como o primeiro!

Os Kings of Leon já lançaram 4 álbuns, mas até hoje nenhum deles me conseguiu cativar e prender como o primeiro, Youth and Young Manhood lançado em 2003.

Verdade seja dita o som deles parece acompanhar a nova imagem, limpinhos, todos arranjadinhos e "polidos", mais parecem "Top Models" na capa da Vanity Fair.
Eu continuo a apreciar o som mais "Rude", aquele que melhor reflecte, na minha opinião, as origens da banda.


Os Irmão Followill não podiam ter tido uma melhor educação musical, percorreram, durante a infância, várias cidades do sul dos EUA, acompanhando o Pai, um missionário da Igreja Pentecostal.

Em 1996 mudam-se para Nashville e passados 4 anos, juntamente com o Primo, Caleb Followill, formam os Kings of Leon e o resto é história, como se costuma dizer!


Trani



Red Morning Light

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Rapidinha Matinal para fazer esquecer a chuva!

Uma das minhas bandas favoritas e, sem dúvida, uma das mais influentes dos anos 80. Este tema é do último álbum de originais lançado pela banda em 2005, Waiting for the siren's call.

For you listening pleasure: New Order




domingo, 8 de fevereiro de 2009

Agradeço, desde já, do fundo do meu coraçãozinho, este doce oferecido pelo mais famoso leguminoso da blogosfera, o Ervilha.







É verdade, sou Mulher, ou seja, um espécimen do sexo feminino, quanto ao facto de ser bem resolvida é um assunto completamente diferente, para ser discutido, ou não, numa outra altura.

Agora é a minha vez de o distribuir por Mulheres que, apesar de não conhecer pessoalmente, conseguiram me cativar com as palavras que publicam:

  • Rita Maria Josefina;

  • Kalithil;

  • Medussas;

  • Lux Lisbon;

  • Jumpseat.

PS: Ainda estou a tentar perceber como é que este Prémio me foi atribuído por um Homem!


Urge Overkill - Girl, You'll be a Woman soon

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Contra Factos não há Argumentos

Consegui provar, hoje num jantar, os pontos 1, 3, 5 e 7 do post anterior. Fiz um esforço enorme mas acho que me portei bem relativamente ao número 4.
Se não acreditam na minha palavra, perguntem a quem lá esteve.
Diverti-me imenso, espero ter feito jus ao meu "mau feitio"! O que vale é que o jantar nem foi mau hehe!



Peter Murphy & NiN & Tv on the Radio - Bela Lugosi's dead

Mas para os mais descontentes deixo aqui uma bela Pérola Musical ( isto é para quem não costuma ver os videos)


quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Eu resumida em factos...ou qualquer coisa do género

O meu amiguito Calvin teve a audácia de me desafiar, às tantas como retribuição, sim porque ele é muito generoso, pelas vezes que o desafiei.
Pelos vistos tenho de escrever 6 factos aleatórios sobre a minha Pessoa, só espero que no fim disto tudo alguém ainda esteja acordado.

  • Sou uma faladora nata, ou como está no meu C.V. muito comunicativa. Costumo referir que falo pelos cotovelos, joelhos e outras mais articulações;

  • De manhã, se não querem que eu vos responda de uma forma torta ( que é como quem diz mal educada), não me façam muitas perguntas;

  • Não bebo alcool, bicas e evito comer refeições muito gordurosas, isto tudo não se deve a dietas, mas por não ter vesícula. Sou conhecida pelas minhas crises de fígado, e acreditem que não são muito bonitas;

  • Tenho fases em que o meu Português é muito vernáculo, aquilo é merda para cá, fod@see para lá ou, uma outra expressão pela qual sou muito conhecida, "Ai o meu caralhinho!!";

  • Sou refilona, resmungona e, quase de certeza, outras coisas acabada em "ona",

  • Já pesei, em tempos, mais de 100 Kilos, o que me trouxe consideráveis problemas de auto estima. Habituei -me a ouvir inteligentes e bonitos comentários, tais como : " Olha a gorda!", " Lá vai a gorda" e o muito conhecido " Aiiii que gordaaaaaa". Houve um a que achei muita piada, uma moço podre de bêbado e com um ar muito espantado saí-se com esta " Olhaaaa afinal sempre é verdade.... libertaram o Willy", isto sim é uma "boca" como deve ser!

  • Tenho uma paixão avassaladora por Música, não me digam que ainda não notaram?! Disse ontem a uma Pessoa, é mais que uma simples companhia, é uma amiga no verdadeiro sentido da palavra, porque nem sempre é gentil, consegue nos atingir quando quer, mas ao mesmo tempo é um conforto.

  • Acho falta de carácter responder, de forma sistemática,uma pergunta com outra pergunta. Fico mesmo impaciente, tenho de fazer um esforço enorme para me controlar;

Eu não as contei mas imagino que tenham sido mais de 6 as coisas que enumerei.... eu não disse que era muito comunicativa?!

Agora pelos vistos tenho de colocar as regras e essa treta toda.... vai daí sai um belo copy paste!

As pessoas a quem eu passar este desafio tem de :
Escrever as regras do desafio
Linkar a pessoa que enviou o desafio, no meu caso o taberneiro Calvin
Contar 6 factos aleatórios sobre a vossa pessoa (ou mais…)
Passar o desafio a 6 blogs
Ir aos blogs nomeados avisar


Agora tenho de pensar em quem nomear para esta tortura, ficam aqui as vítimas, só espero lembrar-me da parte do aviso ( sim, Menino Calvin, você esqueceu-se ):



- Os meninos do Contracultura, só aí são logo 3;


- O menino Ivan Martins que anda muito caladito e a precisar de morder;


- A menina Lux Frágil, está na altura de cantar, só espero que não ande em grandes voos;


- Um que eu já não desafio há algum tempo, o nosso farmacêutico de serviço, o menino Robene.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

What's in a Name?

Vintage
Function:adjective
Date:1601

1of wine : of, relating to, or produced in a particular vintage
2: of old, recognized, and enduring interest, importance, or quality : classic
3 a: dating from the past : old b: outmoded , old-fashioned
4: of the best and most characteristic —used with a proper noun

Isto tudo para tentar perceber a definição desta palavra porque este fim-de-semana na MTV TWO (quem nunca viu aconselho vivamente) numa rúbrica com o mesmo nome, passaram música dos U2, incluindo o "With or Without you", do álbum Joshua Tree lançado em 1987. Dei por mim a pensar, bem isto foi lançado há bem pouco tempo, não me digam que os anos 80 já são considerados vintage???

Ahh pois é meus Amigos, nós não estamos a ficar mais velhos, mas sim Vintage, melhores e mais distintos, a palavra até é bonita e ao que parece está na moda.