terça-feira, 29 de julho de 2008

Músicas que marcam uma vida

Esta, em particular, tornou-se um hino na minha adolescência! Era, e ainda sou, fã incondicional dos Smiths, foi uma banda que deixou marcas visíveis no meu crescimento. 
Talvez por ter sido uma adolescente obesa (não sei se é politicamente correcto dizer gorda ou baleiazinha, o facto é que era robusta, e de que maneira), como todos sabem, nesta idade a imagem conta muito,  somos discriminados pela nossa aparência e por não encaixarmos nos padrões* considerados belos, ou aceitáveis, na nossa sociedade, acabei por me identificar nas letras depressivas e pessimistas.
Agradou-me a ideia de artistas simplesmente vestidos de T-shirts e calças de ganga, sem vergonha de usarem óculos, pessoas normais que até sabiam cantar e produzir discos muito bons, eu considero-os obras-primas.




             The Smiths - There's a light that never goes out

"To die by your side 
Well, the pleasure - the privilege is mine"
Sempre achei esta frase como uma das mais românticas que ouvi até hoje, será impresssão minha ou é um tanto ou quanto mórbido da minha parte?!

* Na minha opinião estes são subjectivos, tal como o conceito de beleza, a essência de uma pessoa não se resume à sua imagem exterior, mas este é um assunto que dá pano para mangas e impossível de descrever em poucas palavras.

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Quotidiano


                Yoshimi battles the pink Robots ( part 1) - Flaming Lips

'Cause she knows that
it'd be tragic
if those evil robots win
I know she can beat them

Oh Yoshimi, they don't believe me
but you won't let those robots defeat me
Yoshimi, they don't believe me
but you won't let those robots defeat me


Os Flaming Lips são uma banda norte americana descrita, por vezes, como tendo um estilo de Rock psicadélico. Gosto do som e farto-me de rir com o nome das músicas que, para além de serem grandes, são também muito originais.
Ao ouvir esta música penso que os tais pink robots não são mais do que os nossos fantasmas pessoais com que temos de lidar e tentar ultrapassar se queremos manter a nossa mente sã. Nos dias de hoje esta tarefa parece cada vez mais árdua, mas é inevitável que o façamos.
Vamos começar esta a semana com um sorriso na cara, ó faxabôr ( até me surpreendo com o quão bem educada sou, mas se as boas maneiras não são suficientes só vos digo : vamos a mostrar os dentinhos c@r@lho*).




* os @ não são que uma tentativa vã de esconder o palavrão, e dar-vos o trabalho de ler mais umas letrinhas. Qualquer dia ainda começam a pensar que ganho ao metro!!!


PS: hoje só me apetece escrever, mas a triste notícia é que não tenho nada de interessante para partilhar

sexta-feira, 25 de julho de 2008

And so the story goes....

Há 35 anos atrás o casal "meus Pais" passou por uma fase muito crítica, talvez aquela que seria a primeira ameaça de divórcio. O meu Pai entrou na sala de partos e perguntou à enfermeira "Boy or Girl?", a resposta foi óbvia, uma Maria. Ficou histérico, saiu porta fora e começou a distribuir charutos e uma qualquer bebida alcoólica, conhecendo-o como conheço quase que aposto que foi um bom wisky malt. Até hoje a minha Mãe conta a seguinte história: " Little Flower ( minha alcunha ), he asked the nurse if it was a girl or a boy and when he got the news he just left hysterically, he didn't even give me a kiss, he was so happy that he had a little girl, I almost left him there and then. After all my hard work he didn't even noticed me".
E o resto, como se diz, é história!!!

Ao escrever isto não consigo compreender como é que há Pais que não têm o mínimo orgulho nos filhos, o meu continua tão ao mais orgulhoso do que no dia em que eu nasci, apesar de eu não ter realizado muito na minha vida e ainda não lhe ter dado os famosos netos (muito bate ele nesta tecla). A alegria nos olhos dele quando me vê não dá para descrever e quase sempre diz: "Esta minha filha está tão jeitosa". Gostava eu de acreditar em mim, como ele acredita!!!



MusicPlaylist



"We like Crystal, we break easy"




MusicPlaylist



When the streets are cold and lonely
And the cars they burn below me
Are you all alone
Are you made of stone?


Sei que estas músicas não reflectem a época festiva mas sim o meu estado de espírito, não se preocupem que não estou maluca, bem estou um pouco, mas a sorte é que isto passa!

quarta-feira, 23 de julho de 2008

escrever até memorizar

Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite Já não aguento dormir só 2 horas por noite!!!!!!!!!

Agora vou repetir isto ad nauseum até se cravar na minha linda cabecinha e pôr os cornos na palha..... a idade já não perdoa, ou senão é o corpo que já não aguenta mesmo!!!


                  Dirty Pretty Things - Bang, Bang, You're Dead

terça-feira, 22 de julho de 2008

Here comes that feeling again

sinto uma enorme vontade de berrar até ficar sem voz, até ser incapaz de pronunciar uma única sílaba, assim poderia ser que não sentisse este vazio que, por mais estranho que pareça, ocupa toda a minha alma.
Porque será que, em certas situações, o sentimento de regozijo dura tão pouco tempo, dando lugar a um sentimento de mesquinhez? 



MusicPlaylist

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Idiossincrasias II

Penso, por vezes, se algures na minha vida deveria ter virado à esquerda em vez de ter virado à direita.
Chego, também, à conclusão que se a minha vida fosse um filme, seria o Big Chill do Lawrence Kasdan, por me parecer que o presente que vivo em nada se assemelha ao futuro imaginado, por mim, no meu passado.

Fazendo das palavras dos Rolling Stones as minhas: we can't always get what we want!!!!



Esta música faz parte do álbum The Big Chill: More Songs from the Original Soundtrack,o primeiro, composto por êxitos da música Motown, foi uma das bandas sonoras mais vendidas, até hoje.

domingo, 20 de julho de 2008

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Retrospectiva Musical – Teenage Years :The Beginning

Lembro-me com alguma vivacidade do Natal de 1979, passei-o em Inglaterra, e foi também a primeira vez que me recordo de brincar na neve.
Outra memória desta altura é o Star Trek Motion Picture, filme que vi após ter sido persuadida, pelo meu Pai e Irmão, que era muito parecido com o que eu queria ver,a "Dama e o Vagabundo". Poderá se argumentar que o único ponto comum é serem ambos filmes de ficção, mas uma coisa é certa, durante anos o raio da mulher careca assombrou-me os sonhos.

Musicalmente falando, nesta época comecei, também, a ser influenciada pelos gostos do meu irmão, The Police, Queen, AC/DC (gostava do Angus Young na sua farda colegial, mas não tanto da música), Led Zeppelin e muitas outras. Partilho aqui um segredo, tinha uma ligeira "simpatia" pelos Abba, até hoje não consegui perceber o porquê, mas a verdade é gostava muito de cantarolar aquelas belas músicas dignas de um elevador, tendo em conta a minha voz harmoniosa não se estragava lá muito a coisa.
O fim dos anos 70, princípios dos anos 80, viu a chegada do New Wave. Os artistas começaram a ser influenciados pelo som electrónico, na minha opinião pelos Kraftwerk e a Berlin Era do Bowie, trabalhando mais as músicas em estúdio, diferenciando-se do som mais "crú" do Punk.
Nesta década escapei incólume à Madonna e aos Wham ( graças a Deus, ou de acordo com o Trindade, ao Big foot), fui mais moça de Cindy Lauper e Duran Duran ( consegui arranjar toda a discografia deles trocando-a,com um amigo do meu irmão, por um poster da Kim Wilde).

Depeche Mode, David Bowie, Blondie,Human League, Yazoo,Bananarama, Duran Duran (que saudades da minha T-shirt, ainda por cima cor-de-rosa), Frankie Goes to Hollywood, Eurythmics, são exemplos de artistas que ouvia e alguns ainda oiço, existem músicas, e artistas, intemporais!
Deixo-vos aqui duas pérolas que reflectem a sonoridade dos anos 80, sempre que as oiço fecho os olhos e começo a dançar feita uma tonta!!


                       Human League - Don't You Want me Baby?


                                            Yazoo - Don't Go


Trivia:Quem se lembra da famosa música, que ainda hoje me faz ranger os dentes sempre que a oiço, Should’ve know better, a da dor de barriga como lhe gostava de chamar?? Ai ai ai ai ai ai ai ai ai, muito sofria o homem para choramingar daquela maneira!!!

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Estou viva....

....mas quase a derreter, com este calor que se tem sentido, ainda por cima estou hormonal, rás parta a TPM!!
Este post serve somente como prova da minha respiração e para vos  deixar uma música que me faz recordar o mar e a praia!



                          The Raveonettes - Candy*

*Tomem lá um docinho, já cantavam, também, os 10.000 Maniacs "Candy Everybody Wants", e músicas destas sempre nos adoçam o paladar.

terça-feira, 15 de julho de 2008

Eureka!!!

Finalmente descobri algo que os Homens fazem, ao invés das Mulheres, com uma destreza de fazer inveja à Maria de Lurdes Modesto, ou senão sou eu que tenho o azar de apanhar automobilistas metrossexuais, sempre que vou lavar o meu carrinho!
Aquilo é que é preocupação em encontrar, e em seguida esfregar, todos os recantos na bendita viatura!!

sexta-feira, 11 de julho de 2008

I´m Alive..... and Oh so Tired!!

Pois é, ontem não resisti e após um convite de última hora, dei por mim no Oeiras Alive.
Apanhei o concerto dos Spiritualized a meio, mas deu para encher as medidas.
O público deu uma calorosa boas vindas aos National, como disse um amigo de um amigo, " Estas pessoas não podem ver um gajo a tocar violino, ficam malucas, já parece o concerto dos Arcade Fire no Superbock do ano passado".
Brincadeiras, e violinos, à parte, foi um excelente concerto, derreti-me com o Slow Show e o Ada, mas a música que deixou o público ao rubro foi o Fake Empire, ou como cantava uma moça toda contente ao meu lado, Fake Impasse.... e dou por mim a pensar se a língua Inglesa irá criar, também, um acordo ortográfico?
Vi metade do concerto dos Gogol, nesta altura, após um dia de trabalho a aturar os utentes no centro de saúde, o cansaço começou a dar um ar da sua graça.
Houve tempo para dar um saltinho à tenda Metro para abanar as ancas, uma terapia choque a ver se a coisa se compunha, ao som dos "Hercules & Love affair", e rapidamente a discussão filosófica da noite passou de "A gaja a cantar é mesmo boa!!!" para " Uhmm mas aquilo é uma gaja ou um gajo?", "Aquilo é uma maça de adão?", e tenho a reportar que a dúvida subsiste, pelo menos da minha parte.
A seguir lá fomos nós, em fila indiana, enquanto eu pensava "porra que amanhã tenho de acordar às 7 da manhã", ver RATM, um dos momentos mais aguardados da noite .
Só vos digo, grande Tom Morello, aquele Senhor tem uma incrível presença em palco, trata a guitarra por tu e faz com que tudo pareça tão fácil!
Após a 4ª música só oiço atrás de mim o F. dizer "Aqui não se vê nada, o som está uma merda e bla bla bla" e a minha colega vira-se para mim "olha vamos embora, ficas ou vens?". Não querendo parecer ingrata, afinal foi ela que me convidou, veio me buscar a casa e ainda por cima passou na Fnac para eu comprar o bilhete antes do espetáculo,  e inconscientemente acho que não queria arriscar percorrer o caminho para apanhar um táxi sozinha, disse que iria com eles. Hoje tenho um ligeiro sabor amargo na boca.... e arrependo-me de não ter ficado até ao fim do concerto, sinto que teria delirado ainda mais!
Agora só vos digo, estou toda rota, senti-me um Zombie durante todo o dia, as minhas pernas até latejam...... Dasseeee  que a idade não perdoa!!!!!
Mas faria tudo de novo, adoro estas combinaçoes inesperadas e espontâneas, sabem sempre melhor!
Agora............vou pôr os cornos na palha!!!



                                 RATM - Killing in the name

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Fico sem saber...

....o que fazer, sem jeito e com um sorriso a puxar para o amarelo, quando alguém me diz :
"Acabei por ficar sozinho com a moça simpática,estão a ver o género, não estão?! Só a mim, tanta gaja jeitosa e tinha de me calhar aquela.... A  S-I-M-P-Á-T-I-C-A"( ao ouvi-los falar, até parece que aquilo se pega).

Fico, também, sem saber o que dizer, porque eu sou a tal amiga simpática que todos familiares e amigos ( casados, Pais de família e "uniões de facto) querem despachar!!!
Estão a ver a cena não estão?!?!
Como agir perante isto? Sinceramente já não sei e são tantas as vezes que oiço este tipo de comentários, qual é o problema em ser-se a amiga simpática? Só me apetece mandar-lhes para um sítio que eu cá sei ou senão, se estou com o mau feitio, que é coisa muito comum, empalá-los, estarei a ser um tanto ou quanto dramática??

domingo, 6 de julho de 2008

The Noisettes...

...são uma banda Inglesa, formada em 2003. Contam na sua discografia com 2 E.P.'s e um álbum, What's the time Mr. Wolf, lançado em 2007. Foi um dos que mais ouvi no ano passado e hoje decidi prestar-lhe a devida homenagem. Um dos pontos fortes é a voz poderosa da vocalista, Shingai Shoniwa.
Espero que o novo álbum , previsto para este ano,consiga superar as minhas expectativas!!


The Noisettes - Don't Give Up

Sometimes they'll want to cut you down
Betta scratch that itch cos the time is now
They tell you that you gotta have a heart of steel
If you want to keep up can you afford to feel?

When the system's wrong you gotta tear it down let it fall to the sea bed like a rusty crown
To the stars in the moonbeams glare Shackles on your feet gonna disappear

What if I tried to tell you to do what for?
Can't you see baby life's knocking right at your door
Oooh I just don't know for sure.
What if I tried to tell you to do what for?

Don't give up don't give up
Don't give up don't give up
Don't give up don't give up
Don't give up don't give up

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Se fosse uma heroína de BD..

... um desafio que me foi proposto pelo caro Ervilha*!! Isto seria muito interessante, tivesse eu imaginação para isto.
Já pensando na época do calor e nos maravilhosos bicharocos que nos entram casa a dentro, por termos as janelinhas abertas, foi este o resultado final!!



Pelos vistos terei de nomear umas vítimas para irem ao site befunky e puxarem pela imaginação. Vá,não sejam preguiçosos, desta vez não têm de escrever nada profundo e interessante, é só brincar com os botões e o ratinho.
Ivan, Trindade, Sweetie Pie, Medusas, Sadeek, e quem mais quiser, vamos lá conhecer o vosso alter-ego.
Desta vez não há cá links para ninguém, ainda estou à rasca dos dedos, quem tiver interesse em saber quem são, encontram-se ali do lado direito, aconselho a leitura diária de todos!

*Caro Ervilha lamento não ser um nu artístico, não encontrei a foto!!

Há um ano...

foi este o cartaz do Superbock SuperRock :

The Arcade Fire, LCD Soundsystem, Clap Your Hands Say Yeah, Underworld, TV on the Radio, Klaxons, The Rapture (cancelaram), Maxïmo Park, The Gossip, The Jesus and Mary Chain, The Magic Numbers,Scissor Sisters,The Gift, X-Wife, Linda Martini, Micro Audio Waves,Interpol, Mundo Cão, Anselmo Ralph, Bunnyranch,Bloc Party.

Foi a primeira vez que fui a um grande festival de música, e muito me diverti eu!!
Este ano gostaria de saber quem foi o energúmeno que organizou o cartaz*, Oh minha virgem santíssima ( lá estou eu a blasfemar)!!!
O que vale é que temos o Oeiras Alive para salvar as hostes! Nem quero pensar muito em Mars Volta e dEUS no Paredes de Coura, porque a esse não posso mesmo ir, mas adorava!!!

*Outra nota mental, será o mesmo que se lembrou de sobrepor as datas com o Oeiras??


                                     Bloc Party - Like Eating Glass


                                      Arcade Fire - Intervention

terça-feira, 1 de julho de 2008

2 em 1.... desafio e distribuição de prémio!

Fui desafiada pelo Taz, em tempos, a revelar 6 aspectos peculiares sobre a minha pessoa, sinceramente não sei se se refere a aspectos mais privados ou característicos, fica aqui uma miscelânia de ambos:

1) Consigo sempre funcionar ao contrário das outras pessoas, juro que não é embirração, se uns vêem bonito, eu vejo feio, se outros acham normal, eu tenho de achar estranho, e por assim em diante;
2) Tenho muitos problemas com a minha auto-estima, facto que resultou de ter perdido 4o kilos e isto ter deixado sequelas no corpo, nada que uns 10.000 euros não resolvam em cirurgias plásticas, até os conseguir ( tarefa quase impossível), tenho de me aguentar à bronca;
3) Quando estou a estender a roupa tento não usar molas diferentes na mesma peça de roupa, algo que herdei da minha mãe, pelos vistos;
4) Stresso com coisas triviais e consigo manter-me calma nas mais importantes, julgo estar relacionada com o ponto 1;
5) Falo muito, costumo dizer que pelos cotovelos e tornozelos, consigo chegar ao ponto de ser um pouco chata;
6) Uso lentes de contacto ( esta aqui foi mais para encher)!!
E não vou desafiar ninguém, simplesmente não me apetece!!



Se para uns a beleza é fundamental, para outros ela é relativa, o único ponto concordante é que todos temos o nosso conceito de beleza, os nossos padrões, aquilo que consideramos importante para que algo se torne belo aos nossos olhos,"Beauty is in the eye of the Beholder".


Com tudo o que se tem passado na minha vida esqueci-me, por completo, que o Sr. Ervilha me tinha atribuido o prémio Beautiful bloguer ( será que isto se deveu à minha bela Font?) e agora chegou a altura de o distribuir ( drum roll please ):

- Sessão - aka o meu amigo Calvin, o único bloguista que conheço pessoalmente, e não o dou por amizade, mas sim porque ao que parece, e já há muito que o disse, ele tem jeito para a coisa. Por isso amigo fica aqui o teu primeiro prémio :), vamos a colocar uma moldura ó faxabôr,

- Medusas e Artemisa - por serem as duas pessoas que me acompanham há mais tempo, por terem sempre uma palavra meiga e amiga, por terem um espacinho todo bonito e tal, por terem conquistado um espaço no meu coração!!!( estou muito lamechas hoje, está visto);

- Sr. Sadeek - nada mais bonito do que um dark sense of humor;

- Ivan Martins e Trindade - não sei se se deve ao facto de partilharem a mesma zona geográfica, mas a verdade é que me farto de rir com estes dois moços, conseguem mesmo que eu largue umas boas gargalhadas ao fim do dia quando leio as palavras, por vezes alucinadas,que escrevem;

- Lux - por gostar do seu espacinho e do seu gosto musical;

- Jumpseat - um blogue descoberto recentemente que tem tanto de bonito como de sarcástico ( adoro as crónicas familiares). As aventuras da menina fazem-me sempre sonhar com lugares longínquos e exóticos ( não me perguntem porquê).

Com este post despachei os meus assuntos pendentes e arrumei a casa!!


PS: Esta porra de colocar links em todos os blogues dá uma trabalheira desgrçada!!