terça-feira, 31 de janeiro de 2012

terça-feira, 24 de janeiro de 2012






Well I looked my demons in the eyes,

laid bare my chest, said "Do your best, destroy me.

You see, I've been to hell and back so many times,

I must admit you kind of bore me."

There's a lot of things that can kill a man,

there's a lot of ways to die,

listen, some already did that walked beside me.

There's a lot of things I don't understand,

why so many people lie.

Its their hurt I hide that fuels the fire inside me.

Will I always feel this way?

So empty, so estranged.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

devaneio

Entre tantos e entre muitos, há sempre um som que nos embala, que nos faz recordar os momentos em que a melancolia daquelas notas soltas nos invadiu a alma.

Perdemo-nos em pensamentos, afogamos as dúvidas e soltamos as amarras, a que nada nos prendem.

Viajamos pelas ruas da incerteza deste Mundo com a esperança de encontrar, entre tantos entre muitos, outros que dancem ao som da mesma música e então seremos cúmplices,nessa sintonia de olhares.




segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Sometimes your Soul has to die a little so you can feel alive





I've seen it in my hands, burn in my heart
Seen it in my past, back in my home
But does it make sense to see him again?
I don't, know
I felt it for some time, and not at all
Poison in my head, god love hurts
I'm not looking for love, but it's hard to resist
I don't recall being this dead



sábado, 14 de janeiro de 2012

Uma música para o fim-de-semana





It's all a matter of soul and fireInfatuation or true desireThe thrill of discovery, divine interventionCruel, cruel change; the pain of rejection

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Uma música por dia





As palavras depois de soltas, tal como o desejo, ganham nova forma, dimensão, incapazes de se conter! 


Diz-me um amigo que este sítio está abandonado! Não está, apenas não consigo soltar as palavras que gostaria de escrever.
Chamem-lhe falta de tempo, cansaço, mas a realidade é que não ando inspirada e quando assim é, tudo o que escrevo soa-me forçado.




terça-feira, 3 de janeiro de 2012