quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Este....

.... já cá canta. Agora estou a afinar a minha bela voz de cana rachada para o concerto que vão dar no Coliseu, no dia 21 de Abril. Pelo que ouvi, até agora, é muito bom. Aii não consigo parar de sorrir!!!

PS: Quem diria que não se podia por o & nos Labels do Post, estou sempre a aprender.


quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

She Wants Revenge

Poderia falar muito sobre esta banda, começando pelo nome e acabando na excelente capa do Disco! Hoje não estou para muitos devaneios.Deixo-vos só uma música do primeiro álbum:


                             She Wants Revenge - Tear You Apart


PS:Excusado será dizer, que mal ouvi este Cd fiquei viciada.

PSD : Há dias em que, realmente, me apetece " Fu@king Tear you apart"

Brevemente..

Irei solicitar (ui que esta palavra fica aqui tão bem) a ajuda de todos os que lêem este espacinho. Preciso das vossas opiniões, ando a estudar a logística da coisa (sempre quis escrever isto)! Poderei adiantar que tem algo a ver com música, que mais poderia ser!?

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

White Rose

Foi o nome de um movimento, não violento, de resistência anti-nazi alemão , composto por um conjunto de estudantes da Universidade de Munich e o seu Professor de Filosofia. Se estiverem mais curiosos podem ver o filme Os últimos dias de Sophie Scholl, que retrata a história de alguns destes jovens corajosos que foram capturados e condenados à morte, por decapitação, em Julho de 1943.
Os White Rose Movement, uma banda Inglesa cujo o nome presta homenagem a este movimento, são influenciados pelo som pós punk dos anos 70 e 80 de bandas como os Joy Division e os Chameleons. O tão antecipado álbum de estreia, Kick, foi lançado em Abril de 2006.




   White Rose Movement - Love is a Number

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Há filmes que ficam na minha memória!

Tenho a impressão que este vai ser um deles. Não consigo arranjar palavras para descrever o que acabei de ver! Só me vem à cabeça a palavra GENIAL .O filme biográfico sobre o Ian Curtis, vocalista dos Joy Division, realizado por Anton Corbijn, na minha opinião, não poderia ter ficado melhor.
Foi supreendente a maneira como o realizador usou as músicas, mais concretamente as letras, na tentativa de tentar compreender o que iria na cabeça do Ian Curtis em determinados momentos.A imagem a preto e branco é algo que sempre associei aos Joy Division, tendo sido esta a escolhida por Anton para a película. Este fotógrafo de profissão chegou mesmo a fotografá-los em 1979 e realizou o video póstumo, em 1998, do Atmosphere.
Agora que ponho o Cd a tocar, apesar de a música ser a mesma, aos meus ouvidos soa diferente! É incrível pensar que tinha somente 23 anos quando se suicidou. Porque é que o talento teima em desaparecer depressa!


                                  Transmission




                                  Shadowplay


Sei que é difícil escolher as músicas que mais gosto dos Joy Divison, mas estas duas estão no topo da lista.

domingo, 24 de fevereiro de 2008

Mais do fim de semana

Esqueci-me de mencionar que um dos pontos altos do fim de semana foi  terem-me dado este filme :



Finalmente vou poder ver o Control!!

And the Oscar goes to.............

Para mim, está claro, pela minha pequena vitória!!
Agora faço-vos um pequeno relato sobre o meu fim de semana, não se preocupem que não será nada à Gabriel Alves ( e eu a pensar que nunca iria usar metáforas futebolísticas no meu blog).
Na Sexta-feira cheguei bem, apesar dos meus receios. Matei saudades da minha amiga, aviso desde já que está prestes a ter o pequeno rebento, e fui ao Casino de Lisboa, com um amigo de uma amiga, estão a ver o caldinho não estão?! Não tenho muita sorte ao jogo e lá foram 20 euros jogados pela janela!
No Sábado o tempo não convidou ao passeio, mas ainda fui almoçar fora mais a X. e o pestinha dela (prestes a ser pestinha sénior), uma das crianças mais castiças que conheço, com um gosto musical excelente, aos 4 aninhos já tentava cantar The Smiths.
Chegada a noite começou-me a dar o nervoso miudinho, estava um pouco mal disposta (isso acontece desde que tirei a bendita vesícula e fico um pouco mais ansiosa) e ainda vacilei em ir ao concerto, cheguei mesmo a pensar " Que se lixe, não vou, depois se me perguntarem digo que foi muito giro e respondo evasivamente", não se preocupem que isso não aconteceu, para mim isto era algo que tinha de ultrapassar, apesar de muitas pessoas acharem trivial. Pus uma garrafinha de água das pedras na mala e lá fui para a Aula Magna.
A primeira parte do concerto ficou a cargo dos portugueses Mazgani, só conhecia duas músicas, digo-vos achei interessante. Não gostei muito da parte em que ele disse " O coração foi feito para ser quebrado, é dar-lhe uso", só me veio à cabeça " Ao menos que se remendasse com um penso rápido e um pouco de gesso, era tudo muito mais fácil".


                                   Mazgani - Lay Down

Os Spoon deram um bom concerto, tocaram bastante bem, deixei-me embalar, sim porque eu sou daquelas "parolas" que fecham o olhinho ( sei que isto acaba por contradizer o ir VER um concerto) e se abana de um lado para o outro ao som da música. Quando fui a ver estava com um sorriso de orelha a orelha, como quem diz..... CONSEGUI! Sabe bem ultrapassar um desafio, principalmente quando este é proposto por nós próprios. Aventurem-se!!!!
Agora não me param, estou ansiosa por ver os The National e a Cat Power, só falta ir comprar os bilhetes, sim porque o de Nick Cave já cá canta!


  Aqui está a prova ( famosa foto tirada com o telemóvel)

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Quem espera .....

O tão aguardado fim de semana está à porta e com ele a minha prova de fogo. Para vos poupar o trabalho de lerem posts antigos, e a mim de criar links,tentarei resumir a história. Comprei um bilhete para ir a um concerto sozinha porque os meus amigos e companheiros dessas andanças andam embrulhados em casamentos, filhos, créditos à habitação, reuniões de Tupperwares e afins, e pergunta o nosso Presidente da República porque é que os Portugueses não tem mais filhos,com uma vista de olhos ao extracto bancário no final do mês, não há viagra que aguente!
Continuando com a história, no fim de ano resolvi que não iria mais deixar de fazer as coisas por não ter companhia. Entrei na Fnac, comprei um bilhete para um concerto, neste caso os Spoon, porque para além de gostar da banda era o único que calhava a um fim de semana.
Mas neste momento estou mais preocupada com a viagem, na falta de transportes que saiam a horas cá de baixo, tenho de levar o meu pópó, o que em si é uma aventura, eu andar de carro na capital,mas o tempo vai piorar e olhando para as estatísticas sobre a morte nas estradas em Portugal, fico sempre apreensiva em não chegar ao meu destino. Sei que isto é mórbido, mas é uma realidade.
Além do mais, pela primeira vez na vida, estou com uma dor nas costas que nem vos conto ( devaneio : porque é que as pessoas dizem isto, se ao falarmos estamos, indubitávelmente, a contar), até escaldam!!!

É caso para perguntar Quem espera........... desespera ou sempre alcança?


quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Palavras para quê?!



Já que abri a portinha aos filmes.... fica aqui um que me faz rir, e muito, "Life of Brian" dos Monty Python! A letra em si,explica tudo!

Always Look On The Bright Side of Life..... sim, porque as tristezas, apesar de fazerem parte, não pagam dívidas! Toca a cantar.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Será..

... o Amor como uma pastilha elástica?


                                Air - Playground Love 

Este tema dos Air faz parte da Banda Sonora do filme "The Virgin suicides", o segundo de Sofia Coppola. Conta a história das Irmãs Lisbon ( sempre achei piada a isto e muitas vezes questionei onde teria ido buscar a inspiração para assim chamar a família) e a persistência dos "meninos do lado" em tentarem desvendar o mistério por detrás do suicídio das raparigas.
Sempre achei este filme melhor do que o aclamado "Lost In translation". Lembra-me que a vida, assim como o ser humano, é frágil.

PS: Obrigada Lux, a tua foto fez-me recordar o filme e esta linda música :)... e que também, devido a azelhice minha, o álbum não se encontra no meu ipod e o cd está em Coimbra :'( snif snif! Ó Sadeek , tu que andas muito comovido ultimamente, empresta aí os lenços de papel se faz favor!

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Desafio

.... da Kalithil para revelar 6 coisas que adoro. Como sou muito dada a conversas, exaltando-me por vezes nos devaneios, tornou-se tarefa árdua resumir a listinha, em certos pontos não fui muito original, mas as coisas boas da vida são para se partilhar. Então cá vai:

Eu adoro.....

  • aquela sensação desconcertante do primeiro beijo, onde parece que, por fim, todos os mistérios irão ser resolvidos ( quase nunca são, mas isso é outra história);

  • música, sem ela era incapaz de funcionar correctamente! Se não fosse a constante banda sonora que me acompanha nos meus dias, já tinha dado em maluca;

  • o MAR, de verão ou de inverno! A minha mente perde-se no profundo azul;

  • estar na cama, ouvir a chuva e saber que não tenho de me levantar para ir trabalhar;

  • sentido de humor. Gosto de fazer, e que me façam, rir. Lamento informar que tenho um riso um pouco histérico!;

  • os abraços da minha Mãe! É incrível que me tragam tanto alento, mesmo passado tantos anos.

E chega a minha altura de desafiar os próximos concorrentes, e eles são ( som do tambor ) :

( pausa para verificar quem já foi contemplado)

- Medusa.... a Misita poupou-te, mas eu sou má, toca a fazer uma listinha;
- Xarope pá tosse- Robene andas muito caladinho. vá vamos a pôr a cabeça a funcionar;
- Sadeek - já tiveste o desafio dos 7 agora são 6, siga para bingo :p ( e não vale escrever adoro a sporting 6 vezes )
-Lux - It´s time for a challenge, so put the record on :P, faz bem relembrar as coisas boas da vida :).
- É inútil resistir , mas mesmo assim vou deixar este desafio ao Pedro.

- Prima Nocte - precisa de distrair a cabeça das catanas e dos tiros :).
- Calvin aka Sweetie Pie, não tem blog, mas toca a dar a mão à palmatória!



PS: Lembro que este desafio é facultativo e não são obrigados a responder.... mas eu sou muito curiosa, por isso façam lá o obséquio (ai que esta palavra ficou aqui tão bem)!

Sugestão de Concerto

Vão estar em Lisboa, no dia 20 de Fevereiro, no Santiago Alquimista, os Raveonettes. Já tinha feito uma referência a esta banda,quando lançaram o novo álbum "Lust", em 2007.
Para ouvirem fica uma das minhas músicas preferidas "That Great Love Sound”, do segundo álbum "Chain Gang of Love". Que o Amor provocava cócegas na barriguinha, devido ao bater de asas das borboletinhas já eu sabia, agora que tinha um som, desconhecia por completo…. Ainda dizem que não se aprende com a música!
Como calha a meio da semana ( porque é que todos os concertos que eu quero ir ver são nestas datas?!?!), e estou longe da Capital, não vou poder estar presente, infelizmente. Caso estejam por essas bandas, ou sejam mais curiosos, aproveitem e na 4ª Feira passem por lá, depois venham aqui dizer de vossa justiça.

                             The Raveonettes - That Great Love Sound

domingo, 17 de fevereiro de 2008

Atrasados Mentais ....

.....dos condutores irresponsáveis, homens ou mulheres, que com condições de visibilidade horríveis, como as que estiveram hoje, não acendem as luzes, e com isto não me refiro aos Mínimos mas sim aos MÉDIOS!!! Para colocar a linda Bandeira, o colete atrás dos bancos e o cãozinho de pelúcia a decorar a traseira já se lembram, agora ligar as luzes, ó ó para que???!!!!Já nem falo no código da estrada onde isto vem explícito,acima de tudo que impere o bom senso. Devem achar que por estar atrás do volante de algo maior que o olho humano, são visiveis!!!! Cometam suicidío em outro lado porque arriscam-se a levar em frente quem não quer morrer!!! Tenham Juizo isso não gasta bateria (ahhh quando o carro está em andamento)!!!

E já que comecei a falar de conduções, e tendo em conta que o código da estrada vai mudar no que diz respeito à perda da carta de condução, debruçemo-nos sobre o que eu gosto de chamar de "Síndrome Faixa da Esquerda", que se manifesta de duas maneiras :

1- Paixão aka Exclusividade- os que pensam que obtiveram a faixa de rodagem por direito real!!! Apesar da lei referir que esta é usada para ultrapassagem ou mudança de sentido, estes senhores pensam que a lei não se aplica a eles.... eles são reis da esquerda!! Esta condição é em muito semelhante, e por vezes confundida, com o "Síndrome Papa faixa do meio", onde os sintomas são idênticos, variando somente a posição onde se encontram na bendita faixa de rodagem:......... aquilo é deles e que se lixem os outros,não vão arredar os pneus, quais regras de boa educação, qual civismo, qual quê?! 

2 - Aversão - os que vendo a faixa da esquerda livre e havendo carros para entrar na sua faixa de rodagem, não facilitam, demonstram uma clara alergia à esquerda!! Serão do PSD, PP, Monarcas??? Não me parece...... é mesmo animosidade a mudarem de faixa e não facilitar a condução dos outros, mal educação me parece, mais uma vez!!!!!

Falam de álcool, excesso de velocidade , mas esquecem-se que a falta de civismo nas estradas, neste País, contribui, e muito, para a morte de muitas pessoas, isto na minha humilde opinião, e vocês já sabem como eu gosto de a partilhar!!

PS: Excusado será dizer que acabei de chegar de viagem :S!!


sábado, 16 de fevereiro de 2008

Este Fim de Semana

Encontro-me perdida, algures no Ribatejo, no conforto da casa dos meus Pais :)!

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Arrepio-me....

.... sempre que oiço esta música, original dos Nine Inch Nails, cantada pelo Johnny Cash. Foi o seu último grande exito!
The one and only Man In Black


I hurt myself today
To see if I still feel
I focus on the pain
The only thing that's real
The needle tears a hold
The old familiar sting
Try to kill it all away
But I remember everything

What have I become
My sweetest friend
Everyone I know goes away
In the end
And you could have it all
My empire of dirt
I will let you down
I will make you hurt


PS: para ver os NiN num dueto com grande David Bowie, a cantar este tema, é carregar no link ó fáxabor ( acima de tudo sou uma moça muito educada :P)

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Duas versões do mesmo!

Para celebrar o grande dia de amanhã vou vos deixar uma música, mas com duas interpretações completamente diferentes . Cada um poderá escolher qual  melhor reflecte o seu estado de espírito ou a sua preferência musical!

1- Recorda-me o Verão de 90 passado em Lisboa, quase todas as noites estava caída ( não de bêbada ) no Incógnito! Diz-me a X. que sempre que ouve esta música  lembra-se de mim, esta é para ti : 



                 Tainted Love by Soft Cell ( ai grandes anos 80)

2- Sempre que acontece alguma trágedia em algum Liceu nos Estados Unidos, acabam por culpar este Senhor e a sua música!! Nem vou entrar em grande debate sobre este assunto, a não ser que acho lamentável. Na minha opinião a sua excentricidade é uma maneira de se destacar no Mundo da Música e não acredito que seja assim tão básico como o fazem parecer!
                                        Marilyn Manson....... Tainted Love

Um Feliz dia de S. Valentim!!! Viva o Amor,de todas as formas e feitios! Isto hoje é a gosto do freguês

PS: Bonito, bonito era os Homenzinhos de baixo invadirem o video de cima :).

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Há perguntas parvas, não há?!

Hoje de manhã vi um anúncio publicitário, no intervalo das notícias, de uma operadora de telemóveis relativamente a uma campanha ao Dia dos Namorados. A mensagem era " Namore sem parar e sem pagar. 24h de chamadas,sms e mms grátis...... do que é que precisas?"


O primeiro pensamento que me invadiu a cabeça foi " Uhmm ó meu atrasado às tantas um interesse amoroso!?" ( isto já são indícios da minha alergia ao Dia de S. Valentim. O primeiro sintoma costuma ser irritabilidade, seguido de urticária sempre que vejo alguma coisa fofa, querida e amorosa a puxar ao consumismo)

Mas de seguida veio-me à cabeça uma pergunta que considerei pertinente: " Se eu aproveitar esta campanha para falar com a minha mãe, será isto considerado fraude?". Sim, porque não vou propriamente namorar com ela. Serei eu a tentar falar enquanto ela deambula sobre as últimas peripécias do meu Pai, enquanto reformado, e em como estas a levarão à loucura.

Se é verdade que existem perguntas parvas, serei eu mais Parva por responder e ,acima de tudo, ficar a pensar nelas?


Adenda: O meu problema com o Dia dos Namorados prende-se, em parte, com o facto de apelar ao consumismo, mas também por nos lembrar que, em determindas alturas da vida, não temos alguém "especial" com quem partilhar esses momentos.

domingo, 10 de fevereiro de 2008

Quando Génios da Música Colaboram

  • Desert Sessions - É um dos muitos  projectos musicais do Josh Homme, vocalista e fundador dos Queen of the Stone Age. O Volume 9 & 10 conta com a participação de umas das minhas vocalistas favoritas, a grande PJ Harvey. Fica aqui o tema "Crawl Home".




  • "Mercy Mercy Me ( The Ecology)" - Os Strokes gravaram uma versão desta música do Marvin Gaye juntamente com o Eddie Vedder, vocalista dos Pearl Jam, e o Josh Homme. Foi lançado como um lado-B no single " You Only Live Once". O que é bom descobre-se sempre. Aqui fica.

sábado, 9 de fevereiro de 2008

Por vezes...

Perco-me nos meus devaneios! Só hoje reparei que me esqueci de uma das minhas bandas favoritas, "so much music, so little time"!Estes moços já os vi ao vivo no Superbock SuperRock ( ou será ao contrário, nunca me lembro, ando a abusar no queijo, está visto). Lançaram em 2007 o Our Love to Admire e sim, adivinharam, está na minha lista Best Of 2007.
Ladies and gentlemans for your viewing pleasure : INTERPOL



There's no I in threesome
And I am all for it
Babe, it's time we give something new a try
Oh, alone we may fight
And feathers bend like trees in the moonlight
Babe, it's time we give something new a try
Oh, alone we may fight
So just let us be three tonight


Esta é dedicada a todos que tenham a famosa fantasia do "ménage à trois"

O que é National..... é dos Estados Unidos!

Os The National são uma banda de Brooklyn, em 2007 lançaram o seu segundo álbum "Boxer", continuo a preferir o primeiro disco da banda que saiu em 2005, "Alligator" , daí não os ter incluído na minha lista dos melhores do ano passado.
Hoje estou muito generosa por isso ficam aqui duas músicas para o vosso deleite ( isto assim fica muito mais bonito), espero que apreciem a minha selecção musical:

Fake Empire- Boxer



Daughters of the Soho Riots - Alligator ( a minha preferida )




PS: A música está aí para se ouvir, pode é demorar a carregar. Digam de vossa justiça!

Opiniões há muitas, eu tenho a minha!

Concordar não é senão uma forma de, algumas pessoas, não terem de pensar.

Prefiro que me digam a maior "besteira" com convicção ao invés de não expressarem uma opinião!

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Há dias...

Em que deviamos usar uma bela T-shirt de maneira a não ter de responder, vezes sem conta, à mesma pergunta. Hoje foi um desses dias!Fiz uma pausa nas lentes de contacto, pondo o belo do óculo! E só me apetecia ter uma destas :





Já ando a pensar em mandar fazer uma para usar nos acontecimentos familiares, casamentos e afins, advinham qual é? Eu facilito :




Pensei ser original e escrever.... " Sim sou lésbica", mas tenho receio que fiquem todos contentes de eu abraçar este estilo de vida alternativo e depois é que eram elas,toca de tentar arranjar uma amiga aqui para a Je!!! Depois queria ver como descalçava a bota!!
( acho melhor para não ofender ninguém, colocar aqui uma nota em como não tenho nada contra quem o seja, ahh e que também nenhum animal foi lesado, em momento algum durante a escrita deste post )

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Hoje foi...

Um dia confuso! Já vos aconteceu percorreram uma estrada todos os dias e ficarem curiosos onde ela vai dar? Hoje fiz a A22 até ao fim, costumo sair em Lagos, lamento informar que são só mais 2 kms de via rápida mas a paisagem, que se abre perante os nossos olhos, é extraordinária, de cortar a respiração.
Fui almoçar com a minha prima mais nova ao pé de Aljezur, com direito a mesa virada para o mar:). Foram muitas recordações do meu tempo de infância e memórias do meu querido Tio. É incrível a proporção das coisas quando somos pequenos, tudo parece enorme e agora visto com olhos maduros tudo encolhe. A sala enorme era somente um corredor!
Estar naquele Terraço , que em tempos me parecia um campo de futebol,sentir o sol na cara, o calor na pele e ser invadida por um misto de emoções, foi intenso. Acho que ainda estou a digerir tudo!

Porquê o medo de percorrer certos caminhos? O que está no fim pode não ser nada de deslumbrante, mas ao menos fizemos o esforço de ir ver!
Porque é que há paisagens que se tornam mais bonitas quando partilhadas com alguém especial?


E por último, porque é que há fotos de infância que nos vêm assombrar mais tarde?????

Porque raio estou eu, ainda, na fase dos Porquê's??????? Na vida nem tudo tem explicação!

Isto hoje está crítico!!!Vou ali e já venho. Deixo-vos só com um pequeno poema que li hoje em casa da minha prima e com o qual me identifiquei instantaneamente.

Mar sonoro

Mar sonoro, mar sem fundo, mar sem fim.
A tua beleza aumenta quando estamos sós
E tão fundo intimamente a tua voz
Segue o mais secreto bailar do meu sonho.
Que momentos há em que eu suponho
Seres um milagre criado só para mim.

Sophia de Mello Breyner

PS: Para vocês se rirem um pouco, ando a pensar ter umas aulinhas de Bodyboard ( sim porque Surf deve ser bem mais difícil). "When in Rome, do as the Romans do"

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Carnaval!

Dei por mim a pensar.... será que as pessoas que "vestem" máscaras o ano todo, as tiram nesta altura? Não deve ser fácil representar, continuamente, um papel. Ao menos que hoje tirassem um dia de folga.

Porque...

É de música que o "Povo" gosta, fica aqui uma das minhas preferidas.



"As I live and breathe
You have killed me
You have killed me
Yes I walk around somehow
But you have killed me
You have killed me

And there is no point saying this again
There is no point saying this again
But I forgive you, I forgive you
Always I do forgive you"

Grande Morrissey..... um rebuçadinho para quem me disser de que banda foi este senhor vocalista?
Pista : era uma das minhas preferidas enquanto teenager lol:P!

domingo, 3 de fevereiro de 2008

Fui ali buscar um babete, mas já voltei!Uii fui premiada!

Gostava de agradecer aos meus Pais, aos meus amigos e a todos que me apoiaram, até agora, neste meu espacinho :-P.......agora imaginem-me a balbuciar estas palavras, feita madalena arrependida, agarrando o seguinte prémio:




Isto parece discurso em noite de óscares, mas digo-vos é como me sinto! Só me falta o belo do fato de gala, com direito a babete. Fora uma menção honrosa por um pequeno texto no 9º ano, esta foi a única vez que fui nomeada para algo, ainda por cima 2 vezes :D. Kalithil e Medusa obrigada pelas palavras e pelo prémio, e eu a pensar que o Natal tinha acabado.


Estou ainda à procura de palavras.... não sei mesmo o que dizer!! Não sou muito boa a lidar com elogios e desta vez decidi pensar muito para não dizer asneira, não sei se fui bem sucedida.
Sinceramente quando comecei a devanear não achei que o fizesse durante muito tempo, estava a passar uma fase mais turbulenta na minha vida e isto servia de escape.... mas não é que o raio da vida arranja sempre maneira de nos surpreender, por isso continuo a debitar as minhas letrinhas!

Eu sou nova por estes caminhos bloguistas, não conheço muito bem as regras da casa, pelos vistos, e pelo o que li noutros blogs, tenho de distribuir o prémio por outros 5.Dois dos recipientes serão as pessoas que me nomeram, isto nada tem a ver com retribuição, são blogues que não me saem mesmo da cabeça e leio-os diaramente.O prémio é meu por isso faço dele o que bem entender, por isso aqui vai:

- Kalithil- por me teres acompanhado nas minhas viagens desde o príncipio, por teres sempre uma palavra carinhosa , por me fazeres rir no meio da minha ansiedade,não me fazendo sentir só,por seres quem és :)! Fazendo das tuas minhas palavras, porque eu quero.

- Medusasss - Por partilhares o meu espaço, por te conseguires identificar com as "bestialidades" que escrevo, pelo excelente gosto musical, last but not least , mesmo após me confundires com outra pessoa ( marias há muitas ) deste-me o benefício da dúvida, isso, a meu ver, torna-te especial.

- Inutil- por me fazeres rir com tanta inutilidade! Por me fazeres ver que não são só as mulheres que se sentem inseguras e pelos teus devaneios gastronómicos.

- Xarope pá Tosse - Palavras para quê!! Obrigada por me informares que Tossir pode prejudicar o empenho ( ou será desempenho) sexual, as coisas que nós aprendemos :).

- O recém-descoberto Sadeek que, para além de ter um excelente gosto musical, consegue cativar-me com as palavras. Deu-me vontade de ler o blog de ponta a ponta! E sim porque tem sentido de humor :). O facto de ser do Sporting foi um bónus!!

Beijinhos a todos que por aqui passam.

sábado, 2 de fevereiro de 2008

Às vezes compensa ser solteira!

Hoje, logo de manhã, recebi um telefonema de uma amiga e transcrevo a minha linda, e vergonhosa, conversa :

X- Olha Maria vêm cá o Nick Cave, comprámos um camarote e falta +1 pessoa, como a maioria das pessoas que conhecemos são casais queria ver se estarias interessada?

Eu - Clarooooooooooo ( em tom de histeria) que sim, que dia é?

X- Dia 21 de Abril, segunda feira.

Eu (já a pensar que trabalho no Algarve e estando a contrato não sei quando posso tirar as férias)- Bem isso é a um mês de acabar o contrato, acho que já tenho descaramento de pedir uns diazinhos. Vou, nem que para isso me tenha de despedir, olha eu perder o GRANDE NICK CAVE. Vou nem que a vaca tussa ( informo que já proferi as mesmas palavras quando descobri que vinha cá a Feist dia 11 de Junho, mas nessa altura lá sei eu se ainda estou cá em baixo)

X- Então vou já telefonar à J. para ela não tentar encontrar outra pessoa que fique com o bilhete.

Eu- É bom que telefones à J. e avisa-a já que se dá o raio do bilhete a outra pessoa sou eu quem lhe faço o parto ( de referir que esta minha amiga na altura do concerto estará prestes a dar à luz) - Esta resposta realmente foi lamentável,fico , por vezes, envergonhada por certos comportamentos que a minha melomania provoca!!!

Conclusão nº 1 - Por vezes compensa ser a amiga +1. A minha condição de moça solteira ( ia inventar uma palavra nova , "solteirice" , mas não queria ofender os mais acérrimos defensores da língua portuguesa) em algo ajudou.
Conclusão nº 2 - Com os bons concertos que se advinham, vou à falência, só pode!!