quinta-feira, 29 de maio de 2008

We started nothing

Pelos vistos, desde os White Stripes, os duos estão na moda, será este um fenómeno digno de ser estudado? 
Os Ting Tings são uma banda indie/electrónica Inglesa, formada em 2006,e são compostos por..... tcharammmm 2 elementos: Jules de Martino e a Katie White.
Lançaram agora o seu álbum de estreia intitulado "We started Nothing", este tem tido alguma rotação no meu Itunes, foi um som que se entranhou e que achei reconfortante.


                               The Ting Tings - That's Not my Name

Pelos vistos hoje ultrapassei as 2000 visitas e a medalha, para o visitante com o mesmo número, vai para a Medusas :). A todos que por aqui passam fica o meu muito obrigado por me aturarem. Beijinhos e um Excelente fim-de-semana.

Vida feita de Se's...

Desde Setembro que faço parte de uma lista de recrutamento de administrativos para os Centros de Saúde. Em Fevereiro fui contactada, logo por azar no primeiro dia de férias do meu chefe, e se aceitasse teria de me apresentar passado uma semana, por respeito aos meus colegas recusei e expliquei a minha situação.

O destino lá se encarregou que eles me contactassem de novo a oferecer uma vaga, desta vez expliquei à ARS que só poderia começar a trabalhar dia 23 de Junho, isto porque quando falei com o meu superior sobre o meu descontentamento em morar no Algarve ele me ter pedido, se porventura saísse, tempo para recrutar uma nova assistente. Eles argumentaram que eu poderia expor o meu caso ao Centro de Saúde e hoje assim foi, agora estou à espera que eles consideram a minha situação.

O salário é mais baixo do que estou a receber agora, ganharia 634 euros para ser exacta, e teoricamente é uma despromoção, secretária de Recursos Humanos para assistente administrativa ( eu sabia que o diploma me ia fazer muita falta para colocar na moldura vazia que tinha lá em casa), mas o facto de estar mais perto dos meus amigos e da minha família fala mais alto!!

Neste momento a minha vida está num impasse, deverei eu aceitar esta proposta se a resposta for positiva? Terei uma vida mais preenchida em Lisboa ou continuará igual? Estarei eu mais tempo com os meus amigos? Conseguirei eu arranjar um part-time para ajudar a pagar as contas?

Como poderemos nós tomar certas decisões quando não temos a mínima noção das suas consequências, pior ainda, como poderemos tomá-las quando a nossa cabeça está feita em água e uma simples decisão como o que fazer para o jantar toma dimensões gigantescas equivalentes ao complicado acto de comprar uma casa?? Terei eu forças para começar de novo?
Não acaba a vida por ser uma série de recomeços?

Rapidinha Matinal

Durante duas manhãs seguidas ouvi na rádio esta música a caminho do trabalho, ainda bem que descobri a RUA (não pensem que é mais uma igreja de um qualquer Reino Universal, é sim a Rádio Universidade do Algarve)


                                    Sonic Youth - Incinerate

I ripped your heart out from your chest
Replaced it with a grenade blast

Incinerate

Firefighters hose me down
I don't care I'll burn out anyhow
It's 4 alarm girl nothing to see
Hear the sirens come for me
You dosed my soul with gasoline
You flicked a match into my brain

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Get Yourself into it....

Um dos meus álbuns favoritos é o Pieces of the People We love dos Rapture, não sei se isto se deve ao facto de eles irem buscar inspiração ao som dos anos 80*, a verdade é que adoro a sonoridade deste disco.
Como gosto de partilhar as coisas boas da vida ficam aqui umas músicas, espero que gostem!!!



                                               Get Myself into It



                                       Pieces of the People We Love

Cuz everybody's got a little pieces of someone they hide.
It's okay, it's the way we distract until the day that we die.
And though our future's gone uncertain it's gonna be alright.



terça-feira, 27 de maio de 2008

Ainda estou com um sorriso na cara :)!!


Get Music Tracks!Create A Playlist!



Estava um pouco apreensiva por me terem dito que esta Senhora poderia desiludir no espetáculo, mas ontem no Coliseu de Lisboa, lamento informar quem não foi, o concerto foi Lindo. Só gostaria de saber o porquê da Chan Marshall ter baixa auto estima......grande voz, grande presença e Linda mulher!!!
Deixo-vos um tema menos conhecido "Stuck Inside Of Mobile With The Memphis Blues Again", original do Bob Dylan, e faz parte da banda sonora do Filme "I'm not there",sobre a vida deste artista.

domingo, 25 de maio de 2008

Oh Me Oh My....10 guilty pleasures!

Desta vez é que o Sadeek e o Sópqmeapetece me lixaram, tenho de nomear 10 guilty pleasures, infelizmente não pareço ser hedonista o suficiente para ter coleccionado algo de interessante até agora, acreditem que andei a matutar sobre este assunto nos últimos dias, fica aqui a minha tentativa de responder a este desafio:

  1. Chocolate com nozes - não gosto particularmente de doces, sou mais virada para os salgados, mas tenho grande dificuldade em resistir a um cadburys roasted almond;
  2. Comprovar que tenho razão, principalmente quando a outra pessoa simplesmente descartou os meus argumentos sem os ouvir;
  3. Fins de semana como este que passei, em que fiquei deitadinha no sofá a matar saudades da TV Cabo, aquilo foi Fox, Fox Life, Fox Crime, AXN, MTV2..... xiça esqueci-me de ver as modas no canal Parlamento!!!
  4. Fumar - enough said;
  5. Ficar o dia inteiro de pijama;
  6. Internet- útil, prática mas pode acabar por se tornar um refúgio,se eu não passasse tanto tempo em frente ao computador podia ser que tivesse mais prazeres culposos;
  7. Ler as revistas cor de rosa no cabeleireiro e procurar um defeitozinho no corpo nas celebridades "Ui celulite?Será que vi uma estria?", a inveja é uma coisa muito feia, eu bem sei;
  8. Enfiar-me num centro comercial ou num supermercado em dias de neura é algo que me acalma mas poderá levar a compras desnecessárias
  9. Desconversar, principalmente quando a outra pessoa afina, dá-me um certo gozo
  10. A quantidade de música que "compro" na internet, é o que dá ter gostos muito variados, pouco dinheiro e não conseguir sobreviver sem ela..... não sei que o seria da minha sanidade se não tivesse música na minha vida.
Depois de reler estes meus devaneios fico a pensar se alguns pontos desta lista não serão mais que falhas na minha personalidade, uma coisa é certa tenho de me dedicar mais aos prazeres da vida!!!!
Uhmm agora diria que outra coisa que me daria imenso prazer era acabar este desafio por aqui, mas depois sentiria-me culpada por não partilhar isto com mais ninguém, o egoismo também é pecado, por isso as minhas vítimas são :



Skunk Anansie - Hedonism

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Vou ali...

É incrível como o tempo passa a correr, faz 6 meses que me mudei para o Algarve e a minha alma continua relutante em fazer a transição, como se tivesse uma vontade muito própria.
Em tempos li num desafio, em algum blogue, a seguinte pergunta :"Se a tua vida fosse um filme qual seria?".
Responderia, tanto na altura como agora, "Os Amigos de Alex" ( The Big Chill), pela simples razão que o Presente que vivo não é em nada igual ao Futuro imaginado por mim no Passado.
Já que posso tirar umas férias, lá vou eu rumo à Santa Terrinha, visitar os Pais e aproveitar para pôr as saudades em dia!
Na segunda-feira a grande Cat Power vai estar no Coliseu dos Recreios de Lisboa, o bilhete já cá canta há uns meses, mas a vontade de ir não é muita. Não é uma questão de ir sozinha, essa barreira já a ultrapassei, como podem ter lido em posts anteriores, simplesmente não estou com espírito!!



Cat Power - The Greatest

Once I wanted to be the greatest
Two fists of solid rock
With brains that could explain
Any feeling

Vou dando notícias, porque o portátil vai atrás. Aproveitem o feriado, façam algo espontâneo!!!

terça-feira, 20 de maio de 2008

Rapidinha Matinal e um pouco da minha Psicologia de algibeira!

Cada um de nós dança ao som da sua música e com um pouco de sorte encontramos alguém, durante a nossa vida, que dance ao mesmo ritmo!!!



                                              Placebo - Soulmates

domingo, 18 de maio de 2008

Um pouco sobre mim....

Fui desafiada pelo meu amigo Calvin, da Sessão Experimental,a nomear os meus 6 ódiozinhos de estimação.
É incrível que há medida que vou envelhecendo a minha lista parece aumentar, vou me tornando mais impaciente com o passar dos anos.
Fica aqui a minha tentativa de resumir as coisas que mais me irritam:

  • Falta de sentido de humor - não percebo a falta de capacidade que certas pessoas têm em se rir. Acima de tudo não respeito muito as pessoas que brincam com os outros mas depois simplesmente não admitem quando eles próprios são alvo de uma brincadeira;
  • Mentira - acredito muito no velho ditado que diz que ela tem a perna muito curta e que a verdade vem sempre ao de cima, por isso muitas vezes peco por ter o coração ao pé da boca, uns chamam-me bruta, outros uma Pessoa franca;
  • Falta de civismo na estrada os comentários lamentáveis que saem da minha boca quando a testemunho não são muito agradáveis nem bonitos de se ouvir ;
  • Alguma programação da Televisão: Telenovelas, programas da manhã como os do Luís Goucha, Fátima lopes e afins, programas de reality Tv, por exemplo Big brothers, Ídolos e coisas do género. Aqueles que  demostram uma certa falta de "contéudo";
  • Que me respondam uma pergunta com outra pergunta, tira-me mesmo do sério, acho que demonstra uma certa falta de personalidade.

  • Falta de educação,tanto nos mais velhos como nos mais novos, não há desculpa para isso.
Por hoje é tudo, agora quem quiser que se chegue à frente!



                                 She Wants Revenge -These Things

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Retrospectiva Musical – A minha infância

Em minha casa sempre me lembro de ouvir música; quando era mais nova havia sempre algo a girar num velho gira-discos da Technics que veio connosco de Inglaterra. Na altura não havia televisão e esta ,quando apareceu, era a preto e branco, e durou até 1985.

Da minha Mãe herdei os discos da sua Juventude, Rolling Stones, Beatles ( para a ela, só a partir do Sgt. Pepper é que começaram a mostrar o seu valor), The Animals, Freddie and the Dreamers, Herman's Hermits, e mais bandas menos conhecidas dos anos 60.Ela costumava dizer “Filha na minha altura não havia muita televisão, nada de Mtv’s e coisas do género ( não que isso seja exemplo para ninguém), por isso nós íamos vê-las ao vivo em pequenos recintos. Fui uma vez ver os Beatles e jurei para nunca mais, eram tão altos os berros das fãs nos meus ouvidos que não se ouvia a música, que desperdício. Ahhh Rolling Stones é que era, uma vez recebi um beijo do Brian Jones e fiquei uma semana sem lavar a cara, o teu avô lá me obrigou.”
Incrível ela pensar que sou eu a abençoada, eu sempre quis viver de perto a famosa época do Flower Power.Outra coisa que me espanta, e não consigo explicar, é esta Senhora, agora, gostar dos ill Divo!!!!

O meu Pai tinha gostos diferentes - “ A censura não deixava passar nada destes artistas”- responde quando a minha mãe diz - “Tu não conheces nada disto”. Ele era mais virado para o Jazz, música clássica e de “intervenção” Portuguesa, artistas como Zeca Afonso, Adriano Correia de Oliveira, José Mário Branco, etc

Eu lá cantarolava, enquanto petiz, uma mistura de “ I get by with a little help from my friends” com “ Eles comem tudo, eles comem tudo e não deixam nada”.



                                 The Beatles - A day in the Life



                                     The Rolling Stones - Paint it Black

Foi, realmente, uma infância muito rica em termos musicais; não havia muito dinheiro mas a música estava, e está, sempre presente na minha vida!!

Sinceramente não troco esta educação por nada deste mundo, seja por TV Plasma e a cores,computadores, etc uhmm fico em dúvida se abro uma excepção para o meu ipod, ainda me lembro do peso da minha mala por andar sempre cheia de cassetes quando finalmente me ofereceram um Walkman, uma das melhores invenções da minha infância. Finalmente a música poderia seguir-me para todo o lado!!
Stay tunned for the teenage years :)!!!!

terça-feira, 13 de maio de 2008

Dupla Rapidinha Matinal

And now for something completely different .....



                                                 Ladytron - Sugar


Os Ladytron são uma banda electrónica radicada em Liverpool e vão buscar a sua inspiração aos grupos electropop dos anos 80.



                                   Moloko - Pure Pleasure Seeker



Moloko um duo de música electrónica composto pela Irlandesa Roisin Murphy e o Inglês Mark Brydon.


quinta-feira, 8 de maio de 2008

Rapinha matinal!!!


                     David Bowie ft NiN - I´m afraid of Americans


Não é que odeie americanos, o povo em si, mas não me identifico com as suas filosofias, their way of thinking. Julgam-se o centro do Universo,o que tem uma certa piada se tivermos em conta que se trata de uma "sociedade" com apenas 500 anos de história, give or take!
Faz-me impressão que os devaneios dos seus governantes acabem por influenciar a Economia em todo o Mundo, que tudo dependa do proverbial dólar.

Pensando bem I Think I'm a little afraid of Americans!!!!

No-one needs anyone,they dont even
 Just pretend
Johnnys in america

Im afraid of americans
Im afraid of the world
Im afraid I cant help it
Im afraid I cant
Johnnys in america

Estas coisas tiram-me do sério....

A Sociedade Portuguesa de Oftalmologia propôs que o Estado contratualize directamente com os médicos privados consultas e cirurgias de oftalmologia para resolver o problema das listas de espera na especialidade.

O nosso sistema de saúde permite que os médicos optem por dedicação exclusiva ou meio tempo, claro está que muitos optam por trabalhar umas horitas nos hospitais públicos, pelo qual são bem remunerados e o resto do tempo na privada. Falo sobre este assunto com conhecimento de causa, já trabalhei num hospital e sei muito bem como as coisas funcionam por dentro, pelo menos na maioria dos públicos, claro está que haverá sempre excepções à regra.

Acho incrível que se verifique uma maior lista de espera nas especialidades que mais singram na privada.
Não acredito que vou defender alguém do
PSD, mas quando a Leonor Beleza tentou beneficiar a dedicação exclusiva e separar o exercício público do privado, cairam-lhe todos em cima, a começar pelos médicos. Eu, pessoalmente, sou a favor que se tente algo novo, visto nada ter funcionado até agora.
Nem vou aprofundar o famoso
Programa de Combate às Listas de Espera, vulgarmente denominado Peclec, nem sei se este programa ainda se encontra em vigor. Mas em termos gerais consiste em o Estado pagar aos hospitais para estes operarem nos seus estabelecimentos, ou seja, para além do salário, os médicos, enfermeiros e anestesistas do bloco operatório recebem, por cada peclec que fazem, uma remuneração!Como os doentes têm de estar em listas de espera, os que estão internados são passados à frente, por não fazerem parte da famosa lista, sendo preteridos, pelos médicos, em troca de tostões.

A minha pergunta a estes Senhores Doutores é a seguinte... então nas horas que trabalham no sistema de saúde público porque é que não operam mais??Porque é que não atendem mais doentes??
Porque é que o Estado não começa a exigir a estes senhores que, em troca do salário, dêem um X número de consultas e façam um Y número de operações??? Será que é isto a que a Senhora Ministra de Saúde se refere quando diz que
"serão primeiro esgotadas as capacidades do sector público e só depois se avançará para a contratualização com os sectores privado e social. "
A minha Alergia ficou pior e tudo, já me estou a coçar!! Estas coisas tiram-me do sério, e de que maneira!! 

Como não há bela sem senão, fica aqui uma crítica a alguns utentes do sistema de saúde: não tratem os médicos como Deuses, com isto não quero dizer que não sintam gratidão. Eles estão somente a fazer um trabalho pelo qual são pagos, não nos estão a fazer favor nenhum, se porventura fosse uma questão de favor, nós é que o fariamos, é graças às nossas "aflições" que eles estão empregados. Na minha opinião estes tipo de atitudes só ajuda a perpetuar estas situações.

Pergunta Crucial: Senhores Doutores porque é que nas consultas no Hospital quase que somos escorraçados, mas se  formos ao vosso consultório privado só falta fazerem-nos uma massagem aos pés???!!! Não me digam que é para terem tempo de atender mais doentes???

Rapidinha Matinal...

Descrita como tendo um estilo de música agressiva.... eu só podia adorar esta Mulher!!






“I say tell me the truth, but you don´t dare. I tell you how I feel but you don´t care. You say love is a hell you cannot bear. Well I say give me mine back and then go there, for all I care!”

terça-feira, 6 de maio de 2008

Porque há dias em que me sinto IN..


                      Soulsavers ft Mark Lanegan - Revival

Why am I so blind
With my eyes wide open? oh

Trying to get my hands
Clean in dirty water

Mmmmm

Wanna see revival tonight
Lord, let there be a revival, yeah

I need to see a revival tonight, oh
Wanna see revival, oh



Insatisfeita, Insegura, Inquieta....


domingo, 4 de maio de 2008

Liberdade...


Decidi que hoje, com um dia tão bonito, não iria ficar fechada em casa entre 4 paredes, nem a olhar para o monitor deste computador ou a ver qualquer porcaria nos meus 4 belos canais de T.V..
Sagres sempre foi um local que me fascinou, talvez por ter sido onde assisti a um dos mais bonitos pores-do-sol, até hoje.
Eram 18H30 e dei por mim na Praia do Tonel e não se via vivalma. Foi inevitável, com a boa música que saia do meu mp3, comecei a dançar.
Tal era a sensação de liberdade ao sentir a água nos pés, a areia e aquele cheiro a mar. Se alguém, porventura, estivesse a espreitar, iria julgar-me maluca ( bem, sã não sou lá muito).
Para ser sincera nem pensei muito nisso, são sensações que nos invadem, que não conseguimos controlar e que acabam, indubitavelmente, por pôr um sorriso nas nossas caras.
À medida que me afastava notei que alguns casalinhos saiam por entre as rochas, mas não fiquei embaraçada, apenas verifiquei que o sorriso continuava esboçado nos meus lábios!
Começo a achar que os muros que criei,durante a minha vida, lentamente se começam a desmoronar, pelo menos assim espero!!
Ainda ontem li, na minha leitura do momento, a seguinte frase: "It was the first day of something.It was the last day of something else", ironia do destino?? Who knows?!




Músicas que me dão vontade de esganar alguém!!

Sou só eu ou existem músicas que dão vontade, sempre que as ouvimos, de esganar alguém, de partir a T.V. sempre que elas passam, de formar uma seita religiosa,enfiar-nos num local isolado e aderir à prática do suicídio colectivo????
Ainda por cima estas ditas melodias ficam-nos na cabeça o dia todo e quando damos por ela, lá estamos nós a trautear o irritante refrão, ad nauseam!
Às tantas sou muito comichosa com aquilo que enfio, musicalmente, nos meus ouvidos!!
Mas, infelizmente, os gostos não se discutem, aceitam-se!!!*


Air Supply - All out of Love ( com legendas em Espanhol e tudo,não há desculpas para não cantar)


* Estou tentada a escrever, que é como apanhar no cú, há quem goste ou não, mas já seria a minha segunda referência a sexo anal neste blogue.

ADENDA: sinto a necesssidade de, mais uma vez, colocar aqui uma notinha a dizer que não condeno quem goste destas músicas, que isto não é uma crítica a quem goste de levar na traseira e que nenhum animal foi magoado durante a escrita deste post, infelizmente só os meus ouvidos...... agora toca a cantar, já que isto vai ficar comigo o dia todo: I´m all out of loveeeeeeeeeeee (sempre se podem rir com o vídeo, curtam as cabeleiras fartas, as fatiotas janotas....ai a moda dos anos 80,quem se lembrou de a reavivar estava, de certeza absoluta, demente)

quinta-feira, 1 de maio de 2008

Encruzilhada!

Certas decisões não são fáceis de tomar e ando com a cabeça "feita em água" desde que o chefe me chamou ao escritório e perguntou se eu estaria interessada em renovar o contrato. 
Detesto estar longe dos meus amigos e da minha família, de passar as noites sozinha apenas na companhia do meu portátil,do vazio que sinto.........
Por outro lado, tenho consciência que a vida não está fácil e que os empregos não abundam. Não me quero tornar dependente dos meus Pais e de estar, mais uma vez, desempregada. Quem passa, ou passou, por essa situação sabe perfeitamente do que estou a falar, por vezes o sentimento de inutilidade que nos invade é difícil de combater!
As únicas palavras existentes no meu vocabulário, de momento, parecem ser RENOVO OU NÃO RENOVO!!!! Facto muito lamentável para quem tem um blogue; a falta de inspiração e de palavras não dão uma leitura muito interessante!
Como se isto não fosse suficiente, tenho uma alergia, ou qualquer coisa do género,na pele que me dá uma coceira desgraçada!!!!
Só me vem à cabeça uma frase alcoolizada proferida na noite em que fiz a PGA..." A vida, por vezes, é uma put@ que nos fode"


            White Stripes - I just don't know what to do with myself *


*este video é para os meus leitores masculinos que, de acordo com a minha experiência, não têm muita paciência para ler estes desabafos existenciais... tomem lá um strip da Kate Moss.... quem é amiga, quem é?!?!?!