domingo, 29 de março de 2009

Rapidinha de fim-de-semana




I ripped your heart out from your chest

Replaced it with a grenade blast



Incinerate



The firefighters hose me down


I don't care, I'll burn out anyhow


It's four-alarm girl, nothing to see


Hear the sirens come for me


You doused my soul with gasoline


You flicked a match into my brain

sexta-feira, 27 de março de 2009

Oh La la


Espero que tenham um Excelente fim-de-semana. Quanto a mim, vou passar Sábado e Domingo a trabalhar, que maravilha!! Divirtam-se por mim.








I need la la la la la la
I need ooh la la la la
I need la la la la la la
I need ooh la la la la...

terça-feira, 24 de março de 2009

Posto de Escuta

Há muito tempo que vos ando para falar dos Metric, uma banda com raizes canadianas. A vocalista Emily Haines e o guitarrista James Shaw já colaboraram com os Broken Social Scene, banda, também do Canadá, que já contou com a participação da maravilhosa Feist.


Contam com 3 álbuns na sua discografia. O primeiro a ser gravado, em 2001, Grow up and blow away, foi curiosamente o último a ver a luz do dia, acabando por chegar ao mercado em 2007 pelas mãos da Editora Last Gang Records.


O segundo, e meu favorito, Old Underground where are you now? foi editado em 2003 e, finalmente, o Live it Loud em 2005.


Brevemente sairá o 4º trabalho da banda. O álbum Fantasies tem a sua data prevista de lançamento a 14 de Abril. Mas o melhor será ir ali ao Contracultura ler sobre isto, o Bruno Taborda é mais eloquente que eu nestas questões musicais!


Rock me now ( Grow up and Blow away)




Dead Disco ( Old Underground where are you now? )








The Police and The Private ( Live it Loud )

quinta-feira, 19 de março de 2009

Piadinha Triste!!



Bem,só vos digo, se vir ai algum Calimero em blogue alheio, fujo a sete pés!!!

Le Grand Bleu

Até hoje nunca percebi porque é que a visão do Mar me encanta e como esta tem o poder de me acalmar. Mas na vida existem coisas para as quais não há explicação possível!





Espero sempre por ti o dia inteiro,


Quando na praia sobe, de cinza e oiro,


O nevoeiro


E há em todas as coisas o agoiro


De uma fantástica vinda.



Sophia de Mello Breyner

quarta-feira, 18 de março de 2009

Like the Weather





The color of the sky as far as I can see is coal grey.


Lift my head from the pillow and then fall again.


With a shiver in my bones just thinking about the weather.

A quiver in my lips as if I might cry.


Well by the force of will my lungs are filled and so I breathe.

Lately it seems this big bed is where I never leave.

Shiver in my bones just thinking about the weather.

Quiver in my voice as I cry,



"What a cold and rainy day. Where on earth is the sun hid away."


[...]



Do I need someone here to scold me

or do I need someone who'll grab and pull me out of this four poster dull

torpor pulling downward.

For it is such a long time since my better days.


I say my prayers nightly this will pass away.

terça-feira, 17 de março de 2009

At the Movies...

É difícil falar deste filme sem entrar em muitos pormenores e, irremediavelmente, estragá-lo para quem ainda não o viu.

O filme é simplesmente genial, a interpretação da Kate Winslet digna de um Óscar ( até me esqueço que este ano, FINALMENTE, ela levou a estatueta por este filme) e a história comovente.

Se no "Horas" o Stephen Daldry fez-me sentir incapaz de respirar, neste deixou-me angustiada.

Ainda ecoa na minha cabeça uma frase proferida, inocentemente, por Hanna Schmitz, personagem interpretada pela Kate, "What would you have done?"

Sinceramente não sei o que teria feito. Gostamos todos de acreditar que somos Pessoas isentas, boas e incapazes de tais vis actos, mas até que ponto podemos saber como teríamos agido se desconhecemos por completo a realidade social da época, o medo sentido pelas Pessoas e a sua educação?
Gosto de acreditar, e tento me convencer, que teria a atitude correcta, mas a resposta mais honesta é, não sei!!!

Acabei por sentir uma grande empatia pela personagem, sinal de que a actriz fez um excelente trabalho, fez-me pensar e ultimamente, cheguei à conclusão que a vergonha é um sentimento em muito semelhante ao Orgulho, no fim, ambos acabam por nos impedir de viver as nossas vidas por inteiro!

segunda-feira, 16 de março de 2009

....





There is nothing to see here people keep moving on


Slowly their necks turn and then they're gone


No one cares when the show is done



Standing in line and its cold and you want to go


Remember a joke so you turn around


There is no one to listen so you laugh by yourself



[...]

The crowd on the street walks slowly, don't mind the rain


Lovers hold hands to numb the pain,


Gripping tightly to something that they will never own



And those by themselves by choice or by some reward


No mistakes only now you're bored


This is the
time of your life but you just can't tell

domingo, 15 de março de 2009

Para começar bem a semana!


MGMT - Time To Pretend


But there is really nothing, nothing we can do.
Love must be forgotten. Life can always start up anew.

The models will have children, we'll get a divorce,


we'll find some more models, Everything must run its course.

We'll choke on our vomit and that will be the end.
We were fated to pretend
yeah yeah yeah

Música que nos faz sonhar!!

Quando me falaram neste projecto de Zach Condon, uma banda americana que combina a sonoridade da música tradicional com os sons da Europa de leste, fiquei um pouco apreensiva.


Enviaram-me o Cd, antes de o ouvir ainda estava relutante em carregar no Play, pensei cá para mim: "Ou me sai daqui algo genial ou então uma americanada qualquer inaudível".


Ainda bem que os Beirut conseguiram progredir, o resultado final desta mistura de sons é excelente. Na minha opinião estamos perante uma banda que conseguiu trazer uma lufada de ar fresco ao Mundo da música.



Deixo-vos aqui 2 dos meus temas preferidos.




Postcards from Italy - The Gulag Orkestar





Nantes - The Flying Cup

quinta-feira, 12 de março de 2009

Eu quero crer...

... que pior que um chulo da bola, é um futebolista que fale na 3ª Pessoa. Esta foi moda que ainda não consegui compreender!!!

quarta-feira, 11 de março de 2009

Recordar a adolescência!

No Sábado passado fui a uma reunião de Liceu, sinceramente nem sei porque acedi ir a tal coisa. Passei a maior parte da noite a olhar para os telemóveis com as famosas fotografias dos pimpolhos.


Agora, ando a tentar perceber se o facto de quase ninguém me ter reconhecido é uma coisa boa ou má. Sejamos honestos, se vamos a uma festa para recordar e ninguém sabe quem tu és, logo não puxa conversa porque acha que és uma acompanhante qualquer, acaba por ser um pouco desencorajador!



O melhor diálogo da noite foi quando, após ter sido cumprimentada por um antigo colega, a minha amiga perguntou-lhe:



- " Não fazes a mínima ideia com quem estás a falar, pois não?"



Ele, honestamente : " Cumprimentei-a naquela, mas não estou bem a ver quem é!"



Eu: " Durante 4 anos fomos da mesma Turma!!!"



Amiga - " É a Mariaaaaaaa"



Amigo, perplexo : " Fodasseeeeee Maria não fomos só colegas, fomos AMIGOS!!!!" ( ele aqui fez o favor de partilhar mais umas "barbaridades" dos nossos tempos de adolescente que mais valiam ter ficado no interior da boca).



Houve alturas em que me senti um macaquinho de circo, outras em que me apetecia ter levado uma T- Shirt com a seguinte mensagem "Olá. Eu sou a Maria e tu?".



Nas palavras de uma amiga minha " Tu és uma sortuda, enquanto todas as mulheres aqui engordaram com a idade, tu foste a única que emagreceu, devias te sentir nos píncaros", mas a verdade é que uma pessoa nunca está satisfeita.




The The - The beaten Generation

When you cast your eyes upon the skylines


Of this once proud nation


Can you sense the fear and the hatred


Growing in the hearts of its population



And our youth, oh youth, are being seduced

by the greedy hands of politics and half truths



The beaten generation, the beaten generation


Reared on a diet of prejudice and mis-information


The beaten generation, the beaten generation


Open your eyes, open your imagination


We're being sedated by the gasoline fumes


and hypnotised by the satellites


Into believing what is good and what is right


You may be worshipping the temples of mammon


Or lost in the prisons of religion


But can you still walk back to happiness


When you've nowhere left to run?



And if they send in the special police


To deliver us from liberty and keep us from peace



Then won't the words sit ill upon their tongues


when they tell us justice is being done


and that freedom lives in the barrels of a warm gun

terça-feira, 10 de março de 2009

Ode

Não poderia deixar passar em branco o lançamento da Annie Lennox Collection, que considero uma das melhores intérpretes femininas do Mundo da Música, não fossem os Eurythmics uma das minhas bandas favoritas na adolescência.

Numa altura em que se falam de Duffy's, Adelle's, etc , as pioneiras acabam por ser um pouco esquecidas.








Esta sim, é uma verdadeira Diva!!!

segunda-feira, 9 de março de 2009

Rapidinha Matinal!



Deixo-vos algo do Passado mas com um cheirinho a Presente! Um tema dos Fleetwood Mac interpretado pelos Vampire Weekend.

domingo, 8 de março de 2009

8 de Março de 1857!

Contínuo da opinião que o dia da Mulher não se resume a uma data no calendário, para mim é uma realidade diária.

Não sou feminista, não vejo nenhum objectivo em queimar os soutiens, eles servem um propósito, no meu caso ajudam a desafiar a lei da gravidade!

Apenas lamento que para muitas Mulheres a igualdade dos sexos se resuma ao facto de serem estereotipadas como "vacas" se forem para a cama com muitos homens. Vocês são donas do vosso corpo, podem fazer com ele o que bem entenderem!!
Se a vossa única preocupação é a reputação a nossa luta fica empobrecida. Acho, sinceramente, que vocês têm problemas mais sérios com que se preocupar.

De qualquer maneira não queria deixar isto em branco!


Edwyn Collins - A Girl like You

sexta-feira, 6 de março de 2009

Porque...

.. um blogue não pode só depender do Youtube, e eu queria mesmo colocar este video, vi-me obrigada a pedir auxílio à concorrência.

quinta-feira, 5 de março de 2009

Hã!!!!

E que tal esta "Brisa" ??? Reconfortante? Agradável?

Bem, se não fosse o facto de sentir que, não tarda nada, os meus estores estão a ir para o "galheiro" e de não ter dormido quase nada esta noite, era capaz de achar uma certa piada ver meio mundo a voar lá fora!!

quarta-feira, 4 de março de 2009

Dark was the Night II


Train Song - Feist & Ben Gibbard


The National - So far around the Bend



Arcade Fire - Lenin

terça-feira, 3 de março de 2009

Dark was the Night


Uma das minhas compras em Inglaterra foi o álbum "Dark was The Night", da editora 4AD.
Neste disco produzido por Bryce e Aaron Dessner dos National, uma das minhas bandas favoritas, como já mencionei aqui inúmeras vezes, irá encontrar gravações inéditas de vários artistas independentes.

Esta é a vigésima compilação cujos lucros
revertem a favor da Organização Internacional Red Hot, dedicada a angariar fundos destinados à luta contra a SIDA e o HIV, e a criar uma consciência social da doença, através da Pop Culture.

Para os mais curiosos deixo aqui as faixas deste duplo álbum:

"THIS DISC"

1 - "Knotty Pine" - Dirty Projectors and David Byrne

2 - "Cello Song" (Nick Drake) - The Books featuring José González

3 - "Train Song" (Vashti Bunyan) - Feist and Ben Gibbard

4 - "Brackett, WI" - Bon Iver

5 - "Deep Blue Sea" - Grizzly Bear

6 - "So Far Around the Bend" - The National and Nico Muhly

7 - "Tightrope" - Yeasayer


8 - "Feeling Good" - My Brightest Diamond

9 - "Dark Was the Night" - Kronos Quartet

10 - "I Was Young When I Left Home" - Antony Hegarty with Bryce Dessner

11 - "Big Red Machine" - Justin Vernon and Aaron Dessner


12 - "Sleepless" - The Decemberists

13 - "Stolen Houses (Die)" - Iron & Wine


14 - "Service Bell" - Grizzly Bear and Feist


15 - "You Are the Blood" (Castanets) - Sufjan Stevens


"THAT DISC"

1 - "Well-Alright" - Spoon

2 - " Lenin" - Arcade Fire

3 - "Mimizan" - Beirut

4 - "El Caporal" - My Morning Jacket

5 - "Inspiration Information" (Shuggie Otis) - Sharon Jones & The Dap-Kings


6 - "With a Girl Like You" (The Troggs) - Dave Sitek


7 - "Blood Pt. 2" (Castanets) - Buck 65 Remix (featuring Sufjan Stevens and Serengeti)


8 - "Hey, Snow White" (Destroyer) - The New Pornographers


9 - "Gentle Hour" (Snapper) - Yo La Tengo


10 - "Another Saturday" - Stuart Murdoch


11 - "Happiness" - Riceboy Sleeps


12 - "Amazing Grace" - Cat Power with Dirty Delta Blues

13 - "The Giant of Illinois" (The Handsome Family) - Andrew Bird


14 - "Lua" (Bright Eyes)- Conor Oberst with Gillian Welch


15 - "When the Road Runs Out" - Blonde Redhead with The Devastations


16 - "Love Vs. Porn" - Kevin Drew


Quem diria que um pouco de solidariedade poderia saber tão bem..... aos ouvidos!! Obrigada Bruno pela dica!

E agora, tratem de comprar o álbum, é por uma boa causa!!!

segunda-feira, 2 de março de 2009

Hoje, o Mar está bravo...

Porque é que existem Pessoas que insistem em tornar um acontecimento inocente em algo cheio de más e segundas intenções?

Um almoço que combinei fazer hoje para as pessoas que estavam de serviço comigo na 6ª- feira à noite tornou-se num complot, em algo destinado a criar divisões dentro do local de trabalho!!!!
Acho que é a última vez que me ofereço para fazer alguma coisa, sentir os olhares de desaprovação e depois virem comentar que X e Y disse isto e aquilo, tudo nas costas, claro está.

Na minha opinião são este tipo de atitudes que acabam por influenciar o ambiente e, consequentemente, as relações de trabalho . Aiiiiii dêem-me paciência para trabalhar com Mulheres.

Desde que fui convidada para ingressar numa USF ( Unidade de Saúde Familiar) este tem sido o meu dia a dia. Sempre que chego ao trabalho há sempre alguém disposto a contar-me algo que outra tenha dito sobre mim, daí andar sem grande vontade de escrever aqui, não quero que isto se transforme num Muro de Lamentações. E, além do mais, ao criticar certos comportamentos, também estou a ter uma atitude incorrecta!!
Desta vez fiquei mesmo chateada, uma combinação sem más intenções e fizeram um bicho de sete cabeças, que se fod@m!!!

Não me digam para respirar fundo, pensar em coisas bonitas e fofas senão ainda levam por tabela :P.


Bet you something I can get your mouth shut
Bet you something I can get your mouth shut

You want a warning
You got a warning
Stab your back

Hey, fuck the people
Hey, fuck the people
The Kills

domingo, 1 de março de 2009

Pesquisa Maravilha

À pessoa que chegou a esta página com a seguinte pesquisa no Google "estudo do caso afinal quem manda aqui", mas ainda há dúvidas que sou Eu???

Geração Moranguinhos....mas com adoçante!!!

Ontem, durante o meu habitual trajecto pedonal trabalho - casa, oiço atrás de mim 2 Jovens, adeptos desta mania recente de ouvir música, em alto e bom som ( ainda por cima da "rasca" ), pelo telemóvel.
Isto levou-me à minha primeira pergunta " Será que nunca ouviram falar em auriculares, usualmente denominados por headphones?". Eles agora até são oferecidos quando se compra o bendito instrumento!!!
Segunda questão, a meu ver pertinente, " Será que já ouviram falar de poluição sonora?".
O melhor ainda estava para vir, quando me ultrapassaram o Jovem 1, a tentar escrever uma sms e desesperado a puxar as calças para cima porque já lhe estavam abaixo do rabo, vira-se para o Jovem 2 e pergunta " Ouve lá bUscar escreve-se com U ou com O?".
Pois é meus jovens, se estas preciosidades tecnológicas fossem banidas das salas de aula talvez aprendessem alguma coisa e sempre se evitavam incidentes como o famoso " Dá-me o telemóóóóóvellllll".

De repente, ao reler este texto, sou assolada por mais uma questão: " Tanta modernice e ainda não ouviram falar em escrita inteligente???"

Não há duas sem três...

Como não acredito em coincidências achei que o facto de ter ouvido esta música hoje 2 vezes era relevante e altura de a recordar aqui.
Esta já tem uns anitos, data de 1983 e é o single mais famoso de Mike Oldfield. Foi mais uma que marcou a minha infância.